como-importar-da-china-dropshipping

Uma das práticas que envolvem a compra de produtos da China é o dropshipping. A China é a principal fonte de produtos e encomendas dos clientes. Esse serviço tem se tornado cada vez mais comum, mas é preciso saber lidar com a atividade. Os lucros são altos e os gastos baixos, mas é preciso ter espírito empreendedor e saber importar da China sem ter problemas com a alfândega ou com os próprios clientes. Há empresas na internet que já deixam isso claro aos clientes, enquanto outras preferem esconder a prática.

Normalmente quem importa da China consegue revender os produtos com um preço mais barato que em outras lojas e obter maior lucro. Trata-se de ter uma loja no Brasil, importar os produtos que são entregues pelo fabricante, que na maioria das vezes que é chinês, diretamente aos compradores nas suas casas.

Como funciona

O processo de importação envolve algumas técnicas a fim de não ter problemas com a Receita Federal. Muitos dos sites existentes na rede hoje, embora não digam aos seus clientes, praticam o dropshipping e importam da China. Usam CNPJ quando conseguem legalizar e tem interesse por isso, ou trabalham com pequenas encomendas mesmo sem CNPJ. Para importar dessa forma da China é preciso ter contato com um fabricante chinês que tenha interesse em vender seus estoques para o Brasil.

Normalmente as pessoas nem se conhecem, mas fazem uma parceria para poderem importar da China para o Brasil produtos com baixo preço. É o que tem acontecido normalmente com produtos de última geração. O fornecedor da China envia fotos e a descrição dos produtos que são divulgados no Brasil pelos vendedores.

Os produtos são vendidos por preços que equivalem a duas vezes mais o valor do produto. O valor que resta ao vendedor no final do mês é alto, pois não há gastos com empregados, estoque ou transportadora. Todo esse trabalho fica a cargo do fornecedor que envia os produtos diretamente para o cliente. Essa é uma das formas mais comuns de comprar produtos importados, no entanto é preciso ter cuidado para não ter problemas com a alfândega e ainda, ter um bom fornecedor na China para que os produtos cheguem ao destino final com boa qualidade.

Esse também é um segredo para ter sempre clientes. Com a internet, a possibilidade desse tipo de comércio e a importação se tornaram mais fácil, mas, é preciso cautela e boa relação com os clientes. Por meio dos sites de droshipping é possível importar produtos do mundo todo e oferecê-los aos seus clientes antes das lojas físicas.

Para obter mais detalhes sobre essa modalidade, acesse www.maiconrissi.com/china



Leia Esses Artigos Também